Tranfigurações e fotos de Ballen

Por Hayssa Leal

03.nov.2012

Fotografia de Roger BallenPela primeira vez na América Latina, é realizada uma mostra retrospectiva da carreira do fotógrafo americano Roger Ballen. Roger Ballen — Transfigurações, Fotografias (1968-2012)” no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, mais conhecido como MAM.

Ballen nasceu no ano de 1950, em Nova Iorque e aos 13 anos ganhou sua primeira câmera e aos 18 iniciou sua carreira profissional na fotografia. Como a maioria dos fotógrafos das décadas de 60 e 70, Roger Ballen fez uma captura documental do que seria o “momento decisivo” da história mundial. Em 1977, o fotógrafo se muda para a cidade de Johannesburgo, na África do Sul, uma das cidades mais marcadas pelo apartheid, onde vive até hoje.

Ao longo dos anos, o trabalho de Ballen foi progressivamente se tornando cada vez mais irreal. As imagens chocam, provocam  repulsa e fascinação, envolvem objetos de ternura, de indiferença e de aversão. Uma prova disso é o clipe do grupo Die Antwoord, dirigido por Ballen e com um título bem propício.

A exposição pode ser considerada um exemplo de criatividade e inovação. No andar térreo do museu foi criada uma espécie de labirinto formado por paredes de papelão. Essa estrutura combinada com a iluminação transmitem impecavelmente a estranheza e impacto das 111 fotografias expostas. A inexistência de distrações paisagísticas e arquitetônicas propicia a total imersão no mundo de Roger Ballen. A exposição vai até dezembro, a grande questão é ter estômago e sensibilidade suficientes para conferir.

Exposição: Roger Ballen – Tranfigurações, Fotografias (1968-2012)

Duração: De 3 de outubro a 2 de dezembro de 2012

Local: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 / Parque do Flamengo / Rio de Janeiro – RJ

Telfone: (21) 2240 4944

Horários: Terça à Sexta – das  12h às 18h/ Sáb,Dom e Feriados – das 12h às 19h